Famoso arquiteto japonês, Kengo Kuma, surpreende na América do Norte

Famoso arquiteto japonês, Kengo Kuma, surpreende na América do Norte

imagens © kengo kuma and associates

Kengo Kuma está no hall dos arquitetos japoneses contemporâneas mais conhecidos, aos 61 anos atua como professor da Universidade de Tokio, arquiteto renomado e escritor.

imagens © kengo kuma and associates

imagens © kengo kuma and associates

KKAA_alberni_db_02

Seu escritório assinou o mais novo lançamento de um arranha-céu em Vancouver, estreando na América do Norte. Um mixed-use luxuoso de 43 andares se situa junto ao Stanley Park e combina 181 unidades residenciais, restaurante e lojas.

A curvatura única no desenho do prédio permitiu a criação de um jardim tipicamente japonês na sua base, o “Moss Garden”.

KKAA_alberni_db_01

KKAA_alberni_db_06

KKAA_alberni_db_09

Vida na rua

Vida na rua

04

Ok, o verão já está quase no fim. Mas sempre é tempo de pensar em espaços públicos que possam ser aproveitados pela população, que democratizem o lazer e, além de tudo isso, valorizem as cidades. Esse post da Natália Garcia, do Cidades para Pessoas, trata exatamente disso.

Numa seleção bem bacana, ela apresenta iniciativas de cidades inspiradoras, como Paris, Londres, Copenhagen e Amsterdam. Vale a leitura. Clique aqui.

Hortas comunitárias

Hortas comunitárias

A cidade de Todmorden, na Inglaterra, dá comida de graça para seus moradores. Como assim? Simples: eles plantam. O projeto The Incredible Edible Todmorden consiste no cultivo de hortas coletivas em espaços públicos da cidade. Todo alimento cultivado nestes locais está disponível para qualquer um dos seus 17 mil habitantes. E de graça.

É possível encontrar alimentos em banheiras abandonadas nas ruas, quintal de locais públicos, jardins de centros de saúde e até no cemitério. O tema, que demorou um tempinho para ser compreendido por toda a população, hoje já é trabalhado nas escolas. Inspirador!

03 03-2 03-1

Via Planeta Sustentável

Hostel de trailers

Hostel de trailers

 

O Basecamp Bonn Youth Hostel, em Bonn, na Alemanha, não é um hostel qualquer. Mais do que quartos para dormir, eles oferecem uma experiência bem diferente: os hóspedes ficam em trailers vintage, numa mistura de hotel e acampamento. São 120 camas. A estadia dá direito a Wi-Fi gratuito, roupa de cama, toalhas e café da manhã. A experiência custa por volta dos 54 euros por noite.

02-6

02-5

02-4

02-3

02-2

02-1

02

Via Hypeness

Chão que eu piso

Chão que eu piso

chao

Paola Carvalho e Raíssa Pena de cabeça baixa: estão observando a beleza dos pavimentos que cobrem o chão em que pisam por aí. Em fotos, publicados no perfil do instagram, resgatam a memória de construções e espaços históricos. Ladrilhos hidráulicos, mosaicos e parquets protagonizam as imagens. Já são mais de 130 registros próprios, e quase 4.000 fotos de pisos históricos enviadas de cidades brasileiras e de outros países, como México, França, Espanha, Itália, Israel, Polônia e Japão.

Além das publicações em redes sociais, as meninas fabricam produtos personalizados que reproduzem o desenho de um chão especial e que conte alguma história.

Acompanhe:

www.instagram.com/chaoqueeupiso

www.facebook.com/chaoqueeupiso/

Inspiração: praças e parques pelo mundo

Inspiração: praças e parques pelo mundo

Metropol_Parasol__Sevilha__Espanha_

O site Bimbon – que somos fãs – fez uma seleção de praças e parques incríveis mundo afora. Boa parte fica na Europa. O mais bacana talvez seja o Metropol Parasol, localizado em Sevilha, na Espanha. O projeto é assinado pelo arquiteto alemão Jürgen Mayer-Hermann. “A obra consiste em seis guarda-sóis com a forma de cogumelos, cujo desenho se inspira nas abóbadas da catedral de Sevilha e das árvores típicas da praça Cristo de Burgos, elementos importantes na arquitetura da Espanha”, descreve o site.

Confira a lista completa aqui.

Azulejo português

Azulejo português

1102_capa

Apaixonados pela arte dos azulejos: comemorem. Já existe uma biblioteca digital sobre azulejaria e cerâmica portuguesa do século XX. Tudo online e gratuito. O trabalho é uma iniciativa conjunta do Instituto de História de Arte da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e da Biblioteca de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian.

Para ver todos os estudos e as coleções, clique aqui. (http://digitile.gulbenkian.pt/)

Gramado: boa reputação

Gramado: boa reputação

crop_gramado-1_15012016094208

Gramado, famosa por seus eventos e espetáculos anuais, além da beleza natural e a exuberante preservação, conseguiu entrar no top 5 de uma das listas mais importantes da plataforma de busca de hotéis Trivago, o Global Reputation Ranking. A classificação do site seleciona as 100 cidades com a melhor reputação online e, além disso, Gramado foi a único município selecionado de todo o Brasil. “Um prêmio tão conceituado e merecido para nossa cidade que, além de bela e dinâmica, tem em sua essência o carisma, o bom atendimento, a hospitalidade e, acima de tudo, o amor pelo oque se faz, tanto pela comunidade quanto pelo Poder Público. Parabéns, Gramado. Parabéns, gramadenses. Mais um motivo para nos enchermos de orgulho”, comenta Rosa Helena Volk, Secretária do Turismo de Gramado.

Confira a lista completa:

1 – Göreme, Turquia

2 – Matera, Itália

3 – San Gimignano, Itália

4 – Gramado, Brasil

5 – Hanói, Vietnã

6 – Lecce, Itália

7 – Siemp Reap, Camboja

8 – Killarney, Irlanda

9 – Sorrento, Itália

10 – Funchal, Portugal

Fonte: Prefeitura de Gramado

Ciclovia solar

Ciclovia solar

05-1

Amsterdã, na Holanda, é a cidade das bicicleta. E, como se isso não bastasse para ser exemplo, os holandeses mostram-se pioneiros também na tradução da sua vocação sustentável num universo de tecnologia. A primeira ciclovia solar do mundo está localizada lá, construída através de financiamento coletivo.

Em entrevista ao site Fast Co. Exist, os responsáveis pelo projeto disseram que a cada metro quadrado de ciclovia solar é possível gerar 70 quilowatts/hora, o suficiente para abastecer três casas. Os bons resultados mostram que o investimento é viável e a expectativa é de que ele se pague em 15 anos.

Isso não é o máximo?
Um mundo melhor é feito de boas ideias!

Fonte: Ciclovivo

Casa de livro

Casa de livro

Bibliotecas já são incríveis por seu propósito: abrigar histórias e conhecimentos registrados em livros. E, para quem é apaixonado por arquitetura, podem ser um deleito, pois muitas delas ocupam construções bem especiais.
É o caso do Clementinum, que fica em Praga, na República Tcheca. O site Bored Panda destacou o prédio como a biblioteca mais bonita do mundo. Construído em 1722, o edifício é uma pérola da arquitetura barroca. O espaço, que hoje abriga 20 mil livros, foi por muito tempo considerado como o terceiro maior colégio jesuíta do mundo.

04

04-1

04-2
Fonte: Revista Galileu