Educação em transformação

Educação em transformação

bauman

Zygmunt Bauman, o criador do conceito de “modernidade líquida”, numa entrevista bem interessante para O Globo, falando sobre “educação”, um tema que está em transformação. “O educador E. O. Wilson observou, ‘estamos nos afogando em informação e, ao mesmo tempo, famintos por sabedoria’. A cada dia, o volume de novas informações excede milhões de vezes a capacidade do cérebro humano de retê-las”. Leia mais aqui.

Patricia Longhi no Programa ImóvelClass TV

ImovelClass-TV

No sábado (12/10), a diretora da 2Day Consultoria, Patricia Longhi, estará no Programa ImóvelClass TV, a partir das 10 horas. Aproveitando o Dia das Crianças, Patricia falará sobre as áreas de lazer para os pequenos em condomínios.

Não perca: é amanhã (sábado – 12/10), a partir das 10 horas, na Band.

Setor imobiliário nas redes sociais

O setor imobiliário já percebeu o potencial das redes sociais para fazer negócios e, cada vez mais, investe em marketing digital.

Confira a entrevista do especialista Rafael Terra na ImovelClass TV.

A marca é a alma do negócio

O sócio da Pyrsona brandhouseDaniel Padilha deu uma entrevista sobre marcas para o Vitamina Publicitária onde declarou que, sim, “a marca é a alma do negócio”.

Padilha é graduado em Design e resolveu mergulhar no MBA executivo em Gestão de Marcas e revelar sua paixão pela área.

Por que existem consumidores que fazem a tatuagem do símbolo da Apple? Como alcançar este relacionamento? Foi pensando nisso que o Vitamina entrou em contato com o profissional para conversar sobre branding.

Confira alguns trechos da entrevista:

Vitamina Publicitária – As empresas estão cada vez mais interessadas no serviço de Gestão de Marcas para se aproximar dos consumidores. O que envolve o trabalho com marcas e quais são as responsabilidades de um profissional desta área?

Daniel Padilha – O branding envolve todo o universo de uma marca. Principalmente o alinhamento dos valores e diretrizes que servirão de guia para qualquer decisão estratégica que a empresa possa tomar. Todos os pontos de contato são orientados pelo posicionamento, este, que tem como parte de sua essência o objetivo de inspirar conexões internas e externas. (…) Sempre precisamos nos perguntar qual o propósito da marca? O que a torna especial? Que benefício traz aos clientes? A marca é a alma do negócio, e a inspiração para trabalhar com ela parte das pessoas que a constrói.

VP – Como as marcas respiram dentro das mídias sociais?

DP – Depende de cada uma, não existe regra ou receita! Cada marca possui uma gestão pensada somente para ela. Mas acredito que o maior erro de uma marca é de usar todo o poder infinito das mídias sociais e transformá-la numa plataforma de SAC 2.0. As pessoas querem mais do que isso, elas querem viver experiências, e ela é o “ar” que as marcas precisam dividir com o público.

VP – Qual deve ser a preocupação de um empresário com uma marca?

DP – A inovação. O ato de introduzir algo novo, porém a empresa precisa estar preparada, né!? Não utilizar a inovação como uma regra, mas força impulsionadora para estruturar os principais caminhos para se construir um relacionamento forte e duradouro.

Confira a entrevista na íntegra aqui.

2Day analisa o mercado imobiliário no ImóvelClass TV

Desde 2000, data do penúltimo censo, a população de Rio Grande cresceu quase 6%, ou seja, 14% a mais do que o crescimento da população geral do Estado.

Segundo dados da prefeitura de Rio Grande, o PIB da cidade foi mais de 40% superior ao aumento do PIB gaúcho.

A cidade alcançou o posto de 4ª economia municipal do Estado e a expectativa é que em menos de 10 anos fique atrás apenas da capital gaúcha em importância econômica.

Para analisar como isso aconteceu e que mudanças gerou no mercado econômico e imobiliário de Rio Grande e do sul do Estado, a nossa sócia diretora, Patrícia Longhi, foi a convidada do programa ImóvelClass TV.

Confira no vídeo a entrevista na íntegra sobre oportunidades do mercado imobiliário para a metade sul do RS.

Posts relacionados:

>>> Pesquisa de Mercado da 2Day dá origem a primeiro empreendimento comercial de alto padrão de Rio Grande

>>> Bairro planejado de Chapecó conta com trabalho da 2Day

>>> 2Day lança primeiro empreendimento do Grupo Roncato em Gravataí

O boom imobiliário do Brasil e seus impactos

O bom momento do setor imobiliário no Brasil tem mobilizado especialistas para discutir de que forma a ascendência na venda e construção de imóveis está acontecendo e o que esperar para os próximos anos.

Ações de marketing, financiamentos facilitados, aumento de aquisições por parte de diferentes classes são alguns fatores. A revista Isto É Dinheiro fez uma entrevista com o professor de finanças da Fundação Getúlio Vargas, Samy Dana e o professor de administração da ESPM, Paulo Roberto de Faria em busca de discutir a atual existência da bolha de imóveis no Brasil. O resultado você confere abaixo:

Posts relacionados:

>>> Jovens são atraídos pelo mercado imobiliário

>>> Investimento em imóveis é prioridade da Classe C

>>> Pesquisa aponta aumento de fusões e aquisições no mercado imobiliário

Entrevista: as três dimensões do trabalho de Márcio Carvalho

O trabalho dele é transformar um projeto de apenas dois lados em três dimensões. Porém, ele vai muito além disso.

Márcio Carvalho é Diretor Executivo da Neorama Filmes – uma empresa que ele chama de “Boutique Criativa“. Eles são especializados em mídia digital para o mercado imobiliário em grande escala: fazem projetos arquitetônicos em três dimensões.

MARCIO_neorama_spot_low

Márcio bateu um papo descontraído com a equipe do blog, contando como surgiu a Neorama, o que é sucesso para ele, além de falar sobre seus sonhos, vontades e vida pessoal e profissional.

Confira a entrevista na íntegra abaixo

2Day – Qual a sua idade e formação?
Márcio – Tenho 30 anos e sou formado em Arquitetura pela UFRGS. Além da formação em Arquitetura, minha atuação profissional sempre me aproximou muito da publicidade e do cinema, áreas em que busco complementação de conhecimento.

Lembra do exato momento em que surgiu a ideia da Neorama? Como foi?
Foi em 2001. Na época trabalhava no GAD Design e a vivência diária da interação entre arquitetura, imagem, marca e branding, bem como toda a eloquência que vivia o mercado imobiliário internacional e as primeiras animações 3D e cenários virtuais nos filmes, nos ajudou a formular um modelo onde imagens e filmes contassem histórias de um futuro ainda por ser construído, e pudessem inspirar nas pessoas uma visão qualitativa sobre este futuro.

neorama_logo_ok

Já a smart! é um sonho que nutro desde os primeiros semestres da faculdade de Arquitetura. Sempre acreditei no papel da arquitetura como elemento de identidade na vida das pessoas – uma parte daquele prazer subjetivo do dia a dia. Por isto a opção por empreendimentos de nicho, pequena escala e arquitetura autoral.

O que você queria ser quando era guri?
Quando era pequeno sempre quis ser um inventor – acho que a minha veia empreendedora na verdade foi uma resposta a esta vontade, a esta necessidade de expressão. Tanto a Neorama quanto a smart! tem inovação e quebra de paradigma em sua essência. Existe uma terceira novidade revolucionária no forno… mas ainda é cedo para comentar!

neorama_logo

O que é sucesso para você?
Gosto de pensar no sucesso mais como um estado de espírito. “Estar em sucesso” pra mim é poder lembrar com orgulho de onde se veio, ser feliz onde se está, e ter plenitude ao olhar para frente e seguir firme com o próximo passo no caminho que se está trilhando rumo ao futuro. Sucesso é estar prestando uma contribuição importante, e isto traz grandes responsabilidades.

Quem é o teu ídolo?
Meu pai. Ele que sempre me ensinou em todos os seus atos e exemplos que o nosso nome, nossa honra e nosso conhecimento são as maiores riquezas que alguém pode ter, e que sempre permanecerão conosco.

O que você mais valoriza numa equipe?
Talento, visão e garra. Experiência é importante, mas se adquire com o tempo… a garra para buscá-la é o cerne pessoas especiais.

O que não pode faltar no teu escritório?
Clientes com bons desafios e profissionais ávidos por desafios e café. Tudo fica secundário perto disto.

Qual a viagem que ainda não fez e quer muito?
Leste Europeu. Imagino uma identidade muito forte com o Sul do Brasil, gostaria de conhecer.

neorama_tottal_marketing_da_noticia_a4ae2f

Qual foi o último livro que você leu?
Em “alguma parte alguma” – Ferreira Gullar – e “O Verdadeiro Poder” – Vicente Falconi, ambos inspiradores, cada um a seu modo.

E filme? Aliás, gostou dele?
Este final de semana assisti “Peixe Grande” pela 1ª vez. Me inspira… gosto muito da idéia de sonhar a nossa vida em vez de só vivê-la.  Mudando a forma de olhar, muitas vezes conseguimos enxergar mais beleza e poesia nas coisas simples do dia a dia.

Você acredita nesta história de vida pessoal e profissional?
Pergunta difícil. Existem muitas intersecções entre satisfação profissional e pessoal, principalmente em áreas mais criativas. É dificil separar ou saber onde começa uma e termina outra. Mas acredito que em nossa vida há uma constante equação de equilíbrio acontecendo. Conseguirmos ter controle sobre a dedicação de tempo ao que gostamos é uma das chaves desta equação.  Invariavelmente quando questões profissionais nos colocam no “automático” ou assumem prioridade absoluta, o pessoal sofre com o desequilíbrio.

Um sonho que ainda não realizou?
Um ano sabático, com uma mochila nas costas e uma passagem só de ida sem roteiro definido e sem data exata para voltar.

Saiba mais sobre o trabalho de Márcio e da Neorama através do blog e facebook.

Programa Estilo Próprio conversa com a 2Day Pesquisas

A 2Day fecha o ano em grande estilo. Literalmente. Explica-se:

Fomos um dos convidados da última edição do Programa Estilo Próprio, da TVCOM, apresentado por Fernanda Zaffari.

Eu, Patrícia Longhi, dividi a telinha com a trend hunter Fabiana Maioli, que inclusive já figurou aqui pelo blog, falando das últimas tendências de mercado.

O programa foi exibido na última segunda-feira, 20 de dezembro e você confere a entrevista, na íntegra, logo abaixo:

Cia Província lança ProntoClube para motivar corretores

Um tema muito em voga no mercado atual, devido ao aumento da procura por imóveis, é o crédito imobiliário. Fator importante para a escolha do imóvel, esse assunto requer o conhecimento de uma empresa que passe a seu cliente segurança e confiança no negócio. E é assim que a Companhia Província trabalha. Com quase 40 anos de experiência, a empresa é capacitada a oferecer soluções em crédito imobiliário, adequadas à satisfação das expectativas dos clientes.

A empresa ainda inovou nesse mercado, criando o ProntoClube. É um clube de vantagens que premia os corretores que trabalham para fechar negócios com a Companhia Provincia. Com o ProntoClube, a cada negócio fechado, o corretor tem uma série de prêmios durante o ano. Os clientes podem ganhar de sacolas esportivas, à TVs LCDs, notebooks e uma viagem para o Nordeste.

prontoclube

Para contar mais um pouco sobre essa trajetória da Cia Província, o blog conversou com Ana Valeria Wilges, Coordenadora de Marketing da empresa. No bate papo, ela fala sobre marketing financeiro e também sobre o projeto Pronto Clube. Confira a entrevista abaixo:

– Conte-nos um pouco da tua trajetória profissional.

Sou formada em Publicidade e Propaganda e especializada em Marketing (MBA).
Acho muito importante a base teórica aprendida nas instituições de ensino, entretanto, a maior e melhor escola da vida certamente é a experiência profissional.
Apesar de não ter tanto e nem tão pouco tempo de estrada ainda (10 anos), aprendi praticamente tudo o que sei colocando a mão na massa mesmo. Nada melhor do que um problema para fazer com que a gente aprenda na prática como administrar.
Comecei trabalhando como redatora em agência (e se continuasse como redatora teria morrido de fome…risos).
Quando comecei a trabalhar como atendimento é que comecei a descobrir a minha verdadeira vocação. Aprendi muito em todas as experiências e sou muito grata às empresas pelas quais passei e aos profissionais que tanto me ensinaram (tanto chefes quanto colegas de profissão).
Tive passagem pela GlobalComm atendendo clientes como Carrefour, Brasil Telecom, Sea Shepherd, Hertz Medicamentos e RGE.
Trabalhei no Marketing do Grupo Avipal/ Elegê e posteriormente iniciei vôo solo em parceria com Eduardo Maidana na Jet Propaganda, durante 04 anos.
Enfim, iniciei a minha trajetória na Companhia Província em março de 2008 e continuo apaixonada pela propaganda, que me permite desafios diários e me motiva mais a cada dia. Não dá para perder o brilho no olho.

– Como é um dia na vida da Ana?

É corrido e gosto muito que seja assim, quando a gente passa por agência e se habitua com o ritmo depois é difícil engrenar em um ritmo diferente.
Além de profissional também tem o lado pessoal: esposa, amiga, dinda, filha, dona de casa… que todas as mulheres sabem muito bem como é administrar: um gostoso desafio diário. E ainda precisamos cuidar da aparência e do lado emocional, espiritual. E não deixar a peteca cair, atualização constante pois sem ela, não temos condições de criar.

Ana Valeria Wilges, Diretora de Marketing da Companhia Província

Ana Valeria Wilges, Coordenadora de Marketing da Companhia Província

– Como é fazer marketing para uma instituição financeira?

Tenho uma equipe ótima que me acompanha no Marketing da Cia Província e certamente isto faz a diferença pois o maior desafio na minha opinião é administrar as pessoas. Cada pessoa tem o seu estilo de trabalho, o seu time, a sua personalidade e juntando tudo isso, precisa dar “samba”. Todos precisam estar comprometidos e seguindo na mesma direção e para isto que existe o trabalho em equipe.  Para isso, precisam ser valorizados como profissionais e como pessoas e estarem motivados. Motivação é tudo!!!
O meu lema é fazer o melhor a cada dia, buscar superação sempre e é isso que passo para a minha equipe, da qual muito me orgulho.

– Vocês acabaram de lançar a Campanha ProntoClube. A partir de quais necessidades vocês elaboraram a ação?

O nosso objetivo é estar cada vez mais próximo do nosso cliente (corretor), valorizar e reconhecer o trabalho realizado pelo mesmo. Além disso, queremos cada vez mais contribuir com a valorização e profissionalização do corretor, que é mais do que um parceiro da Companhia Província.

– Como está sendo a aceitação dos corretores? Tem algum case para contar?

Os corretores gostam muito e por diversas vezes, nos disseram que fomos a única instituição financeira a lembrar deles, como por exemplo, ocorreu no último Dia do Corretor, em que desenvolvemos para toda a Região Sul um chaveiro e disparamos um email mkt parabenizando pela data. Uma ação simples, entretanto, com um toque de carinho e atenção, que mais uma vez mostra que além da parceria, existe carinho na relação e certamente estamos sempre atentos para lembrar do CORRETOR.

– Uma ação como esta motiva o profissional e dá retorno para empresa. Você acha que esta é a fórmula perfeita do marketing?

Com certeza! Como em qualquer relação, todos precisam estar satisfeitos e ganhar com isso. Não apenas retorno financeiro, mas o estabelecimento de uma relação de confiança, parceria, conhecimento, comprometimento e acima de tudo em que buscamos a mútua valorização pois sabemos do atendimento diferenciado que prestamos ao corretor e ele por sua vez entende e retribui à isto diariamente no contato junto à nossa equipe comercial.

– Como a Cia. Província utiliza as ferramentas de pesquisas de marketing? Já mudaram algum posicionamento a partir de algum resultados destas?

Valorizamos muito as pesquisas e temos plena consciência da importância das mesmas em nosso trabalho diário. Cada vez mais buscamos conhecer QUEM É o nosso cliente, como é o dia-a-dia dele (hábitos), gostos pessoais, enfim, novamente, como em qualquer relação, quanto mais conhecemos QUEM está conosco, mais temos condições de renovar, inovar e surpreender o cliente.

– Quais as apostas da Cia. Província para conquistar o cliente que busca um financiamento imobiliário?

Além de conhecimento especializado em financiamento imobiliário, com quase 40 anos de mercado, a credibilidade de nossos serviços, assim como o atendimento exclusivo e total disponibilidade certamente fazem com que a Cia Província conquiste a cada dia mais clientes e o mais importante de tudo, clientes satisfeitos com o nosso trabalho e que nos indicam. A melhor forma de crescer certamente é pela indicação, que é o que reforça a nossa qualidade nos serviços.

Quer saber mais sobre a Companhia Província? Então acesse: www.ciaprovincia.com.br

Novo conceito de urbanismo sustentável: conheça o projeto Cidade Pedra Branca

Dizem que o futuro (e o sucesso) se dará àqueles que usarem bem da sustentabilidade. Conceito atual e que cada dia mais é pensado, projetado e inserido na sociedade, o “ser sustentável” já é algo que precisamos executar no presente, antes que depois seja tarde demais.

Novo centro implantado

Pensando nisso que, desde 1999, Valério Gomes Neto e seu filho, o engenheiro Marcelo Gomes, vêm criando um projeto que iria inovar o sistema de moradia existente no município de Palhoça, Santa Catarina. Assim, surgiu a Cidade Pedra Branca.

Um bairro com infraestrutura de cidade, rodeado de áreas verdes e onde as pessoas possam morar, trabalhar, estudar e se divertir ao alcance de uma caminhada. Este ‘bairro cidade’ é modelo para o mercado brasileiro e único na América Latina. Desde seu início, foi planejado como um bairro diferenciado, valorizando o meio ambiente, os espaços públicos e a tranqüilidade. Com uma universidade como âncora e áreas para implantação de serviços e indústrias, em 2005 foi iniciada a segunda fase do empreendimento, quando começaram a ser implementados os princípios do Urbanismo Sustentável, dando início ao projeto do novo ‘centro de bairro’ da Pedra Branca.

quadra 1 patio interno_edit

De acordo com Marcelo Gomes, um dos engenheiros responsáveis pelo projeto e filho do diretor do projeto, a busca por novas tecnologias de urbanismo sustentável é constante. “Depois de criada e executada a primeira fase do projeto – o Pátio da Pedra, com 7 torres de apartamentos – agora é o momento de continuar pensando e pesquisando sobre diferentes tipos de técnicas sustentáveis” contou o engenheiro.

Nesta primeira parte do projeto, diversos recursos sustentáveis já foram utilizados, como elevadores com menor gasto de energia, materiais mais duráveis e própria rede de tratamento de esgoto. Além disso, em uma parceria com a marca Philips, o bairro possui a primeira rua de iluminação pública feita com LEDs, o que já gerou uma economia de 80% de energia. “Todos os serviços que estão implementados no Pedra Branca, além dos que ainda serão feitos, são focados na sustentabilidade. E isso nada mais é que uma economia no futuro, pois tudo é pensado para ter uma durabilidade maior“, explica Marcelo.

Marcelo Gomes_19

O projeto ainda foi escolhido para o Programa de Desenvolvimento Positivo do Clima, criado pela Cliton Climate Initiative. “A fundação do ex-presidente Bill Clinton, que é em prol de práticas sustentáveis, estava montando este programa e buscando projetos para integrá-lo. Foi então que eles conheceram o Pedra Branca, visitaram duas vezes o local, e perceberam que ele se enquadrava perfeitamente nos conceitos do PDPC“, contou o engenheiro, que participou de todo esse processo.

As 20 quadras da primeira etapa do centro do bairro não ficarão restritas às residências – uma mesma quadra contará com edifícios para habitação, escritórios e comércio. Sua infraestrutura e os quase dois milhões de metros quadrados de construções previstas têm condições de abrigar com conforto e segurança, nos próximos 15 anos, até 30 mil moradores. O projeto seguirá os padrões do sistema Leadership in Energy and Environmental Design (Leed), a mais importante certificação mundial de sustentabilidade.

01_geral_edit

Para chegar a um objetivo mais específico, o projeto realizou uma pesquisa na Grande Florianópolis, para saber o que a população considerava indispensável na compra de um imóvel. Os quatro fatores mais citados foram: segurança, elevador, paisagismo diferenciado e sistemas de economia de água e energia. A partir desses parâmetros, os engenheiros e arquitetos do projeto puderam focar seus trabalhos, que já estavam sendo criados nessa linha.

E o nome Pedra Branca, veio de onde? “A antiga fazendo do meu avô – chamada Pedra Branca – é o local onde está sendo construído o projeto. O nome é em homenagem à ele e à fazenda“, conta Marcelo.

bicicleta no lago

Os próximos passos do projeto são de continuar essa busca por técnicas sustentáveis, não só de moradia, mas como no varejo e demais serviços da população, e abrigar, nos próximos 15 anos, mais de 30 mil moradores com conforto, segurança e, é claro, sustenatabilidade“, afirmou o engenheiro.

Conheça mais sobre o projeto em www.cidadepedrabranca.com.br