Chão que eu piso

chao

Paola Carvalho e Raíssa Pena de cabeça baixa: estão observando a beleza dos pavimentos que cobrem o chão em que pisam por aí. Em fotos, publicados no perfil do instagram, resgatam a memória de construções e espaços históricos. Ladrilhos hidráulicos, mosaicos e parquets protagonizam as imagens. Já são mais de 130 registros próprios, e quase 4.000 fotos de pisos históricos enviadas de cidades brasileiras e de outros países, como México, França, Espanha, Itália, Israel, Polônia e Japão.

Além das publicações em redes sociais, as meninas fabricam produtos personalizados que reproduzem o desenho de um chão especial e que conte alguma história.

Acompanhe:

www.instagram.com/chaoqueeupiso

www.facebook.com/chaoqueeupiso/