Caminho sustentável

A China é conhecida pelo avanço tecnologia, pela população imensa e também pelos níveis altos de poluição. Mas, nos últimos anos, está dedicada em tornar o a dia a dia mais sustentável. Um bom exemplo é a ponte circular, construída em 2011, que virou atração turística em Shanghai. A construção “flutua” a pouco mais de cinco metros acima do chão, trazendo praticidade, cuidado estético e preocupação ambiental.

01 02

A construção permite que os pedestres fujam do intenso e caótico trânsito, oferecendo um espaço ideal para a circulação a pé e servindo de caminho para shoppings e cafés, estações de transporte ou escritórios de trabalho.

03 04 05

Brincando de casinha

Quem nunca “brincou de casinha” com a Barbie e com o Ken? Eis que, finalmente, eles se casaram! A fotógrafa francesa Béatrice de Guigné fez ensaios com o casal mais emblemático da infância das meninas e ficou igualzinho à vida real.

01 02 03

Boa inspiração para quem está se preparando para juntar as escovas de dente, já que casar está na moda. Os cartórios registraram 1.041.440 de casamentos no Brasil em 2012. E, enquanto muita gente pensa que as relações estão cada vez superficiais, o casamento está na frente dos divórcios, que chegaram a 341,6 mil no mesmo ano. Assim, para cada separação registrada no país em 2012, houve pelo menos três casamentos.

04 05 07

Casamento movimenta muitas empresas: cerimonialistas, buffets, clubes e salões de festa, estéticas, estilistas e muito mais. E, claro, o mercado imobiliário também ganha com isso. Afinal, quem casa quer casa. O crédito mais fácil e a taxa de desemprego cada vez menor facilitam a compra do primeiro imóvel. A construtora Tecnisa, por exemplo, já aponta que os jovens casais compram 45% dos lançamentos, o que há cinco anos ficava em torno dos 20%.

08 09 11

Estamos ricos?

Comprar um imóvel nunca pareceu tão difícil. Quem está em busca do “lar doce lar” sabe: os preços estão impraticáveis. Numa crítica bem humorada à bolha imobiliária, o site “Tem algo errado ou estamos ricos??” – isso mesmo, com dois pontos de interrogação – traz comparativos dos preços praticados por aqui e no exterior, mostrando o que é possível comprar com determinado valor no Brasil e em cidades bacanas dos Estados Unidos, México, Alemanha e Chile.

Veja algumas comparações (e fique chocado!).

Recife x Grécia

R$ 800 mil

Recife

Recife

Recife

Recife

Recife

Recife

Grécia

Grécia

Grécia

Grécia

Grécia

Grécia

Rio de Janeiro x México
R$ 850 mil

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

México

México

México

México

México

México

Goiânia x New Orleans

R$ 590 mil

Goiânia

Goiânia

Goiânia

Goiânia

Goiânia

Goiânia

New Orleans

New Orleans

New Orleans

New Orleans

New Orleans

New Orleans

New Orleans

New Orleans

Porto Alegre x Berlim

Berlim = R$ 82 mil

Porto Alegre = R$ 340 mil

Porto Alegre

Porto Alegre

Porto Alegre

Porto Alegre

Porto Alegre

Porto Alegre

Berlim

Berlim

Berlim

Berlim

Berlim

Berlim

Bom lugar pra trabalhar

Já pensou em trabalhar num escritório que mais parece um parque de diversões? Ou então numa casa na árvore com uma linda lagoa para molhar os pezinhos? Algumas empresas estão apostando em ambientes mais descontraídos, diferentes e cheios de atrações como alternativa para fidelização da equipe e desenvolvimento de sua criatividade.

Veja alguns exemplos. Nem vai parecer que é trabalho!

01 02 03 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15

 

Retrato de família

Desde 1991, o fotógrafo Zed Nelson registra uma família – pai, mãe e filho – sob o mesmo pano de fundo e a mesma luz anualmente. “The Family”, como é chamado o projeto, retrata desde o crescimento da criança e o envelhecimento dos seus pais até as mudanças na moda, penteados e nas interações do filho com os pais. Dá uma olhada!

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 Carmen - Opera - The Royal Opera House

Campo de golfe flutuante

Já imaginou jogar golfe flutuando por aí? Em Idaho, Estados Unidos, os engenheiros do The Coeur d’Alene Resort transformaram uma barca em campo de golf. Todos os dias, os funcionários do hotel levam os hospedes para jogar – e para quem não curte, apenas passear – nas águas do lago Couer d’Alene.

É o primeiro green desse tipo no mundo. Dá uma espiadinha:

01 02 03 04 05 06

Quarto de criança

“Where Children Sleeps” é uma série fotográfica, elaboradora por James Molisson, que mostra crianças de todo o mundo em seus respectivos quartos. Afinal, esse é o cantinho dela, que reflete quem são e o que gostam.

Mas mais que isso: as imagens revelam realidades e culturas diferentes que muitas vezes passam sem perceber. Dá uma olhada!

follow-the-colours-where-children-sleep-james-mollison-01 follow-the-colours-where-children-sleep-james-mollison-02 follow-the-colours-where-children-sleep-james-mollison-03 follow-the-colours-where-children-sleep-james-mollison-04 follow-the-colours-where-children-sleep-james-mollison-05 follow-the-colours-where-children-sleep-james-mollison-06 follow-the-colours-where-children-sleep-james-mollison-07 follow-the-colours-where-children-sleep-james-mollison-08 follow-the-colours-where-children-sleep-james-mollison-09 follow-the-colours-where-children-sleep-james-mollison-010 follow-the-colours-where-children-sleep-james-mollison-011 follow-the-colours-where-children-sleep-james-mollison-13

Punk na moda

Há trinta anos, usar jaqueta de couro com tachinhas com camisa de estampa de caveira era sinônimo de rebeldia. Hoje, o look popularizou-se de tal forma que a mesma combinação passa despercebida na rua. Até o Metropolitan Museum of Art, um dos mais conceituados museus de Nova York, rendeu-se a cultura punk. Em 2013, a exposição “Punk: Chaos to Couture” fez sucesso ao revelar a influência atemporal do punk na moda.

30zCBGB-articleLarge IMG_9203_1280W1

A instalação recebeu 100 peças de vestuário femininas e masculinas tanto originalmente punks, de meados dos anos 1970, quanto das últimas décadas do século XX e XXI. Estilistas de alta-costura, como Vivienne Westwood, Alexander McQueen, Christopher Bailey, Martin Margiela e Gianni Versace, apresentaram suas criações na exposição.

IMG_9230_1280W1 IMG_9239_1280W

Os mais fãs do estilo puderam conferir uma galeria inteira dedicada ao CBGB, bar em Nova York, onde tocaram Blondie, Ramones e Patti Smith e sentir um pouquinho do clima da loja Seditionaries, fundada em Londres nos anos 70 por Malcolm McLaren (empresário dos Sex Pistols) e Vivienne Westwood.

IMG_9397_1280W IMG_9452_1280W IMG_9486_1280W

Para quem perdeu a chance de ver a exposição está de malas prontas para a Europa, a dica é dar um pulinho na loja de Vivienne Westwood, ícone do movimento, em Camden Town, em Londres, uma das partes mais descoladas da cidade que junta gente de todas as tribos.

Nova utilidade ao abandonado

Em Amsterdã, uma instalação está dando o que falar: Skinnedé, um projeto criado pela designer Jorien Kemerink que reproduz portas, janelas e até paredes inteiras de prédios abandonados.

instalacao_skinned_knol_01 instalacao_skinned_knol_12

As réplicas são feitas em látex porque, segundo Jorien, “quando um imóvel está desabitado e precisa ser reformado para voltar a funcionar, ele ganha uma camada de látex que retira todo o acúmulo de sujeira e ferrugens que se formaram naquele espaço ao longo do tempo e volta a parecer como era antigamente”.

instalacao_skinned_knol_05 instalacao_skinned_knol_06 instalacao_skinned_knol_10

O objetivo da artista é retratar a ligação emocional entre pessoas e lugares. Assim, para humanizar a exposição, a designer utilizou tecidos e objetos abandonados nos prédios originais na decoração. Além disso, a ideia de Jorien é expandir os horizontes: coletar detalhes de edifícios de várias cidades do mundo para acrescentar a instalação.