Um apartamento de 3 pavimentos em apenas 16m². Possível?

É um pouco difícil de se imaginar, mas sim, é possível! Pelo menos para um específico americano.

apartamento3

Steve Sauer é uma das poucas pessoas que buscam alternativas incríveis para a falta de espaço em grandes centro urbanos. Ele conseguiu montar um apartamento todo modulado, encaixável e moderno, com três pavimentos, em apenas 16 metros quadrados. Parece quase impossível. Mas não é.

apartamento1

apartamento2

De acordo com uma matéria no jornal The Seattle Times, no limitado apartamento de Sauer, você encontra: duas camas, uma cozinha (incluindo máquina de lavar), uma banheira, um armário, espaço para armazenar duas bicicletas, mesa de jantar e uma série de compartimentos. Tudo isso distribuído nos 3 níveis.

O que eu realmente queria era um lugar com o que eu preciso. A qualidade é mais importante do que a quantidade de espaço. Eu tenho facilidade de perceber quando as coisas estão no lugar”, disse o engenheiro da fábrica da Boing – especialista na arte de organizar elementos em todos os espaços, tornando-os extremamente funcionais.

apartamento6

apartamento7

apartamento5

Parece tão aconchegante, né? Dá vontade de ter um apartamento assim também.

(via)

Primeiro aniversário da 2Day rende frutos na mídia

Depois de comemorarmos nosso primeiro aniversário de empresa na segunda semana de setembro, nós, da 2Day Pesquisas, estamos colhendo os frutos da mídia.

Confira abaixo a repercussão da notícia nos jornais e sites do Estado e do Brasil.

– Coluna Informe Econômico – Zero Hora

img054

– Coluna Denise Nunes – Correio do Povo

img060

– Coluna Painel Econômico  (Danilo Ucha) – Jornal do Comércio

img046

– Coluna Empresas e Negócios – Jornal do Comércio

img059

Site Propaganda RS

Site RS Negócios e Empresas

Site EnewsRS

Site JorNow

Site OndasWeb

Maneiras inusitadas de se fazer marketing imobiliário

Campanhas em 3D, marketing de guerrilha, intervenções urbanas… a cada dia, o marketing imobiliário está cada vez mais criativo e moderno. São ideias e conceitos para cada vez mais chamar a atenção do público e, é claro, do cliente.

logoazul

Pensando nisso, a Brookfield (empresa de construções imobiliárias) desenvolveu duas ações promocionais bem inusitadas durante o mês de janeiro deste ano. As campanhas divulgaram dois novos empreendimentos da empresa, um no Rio de Janeiro-RJ e o outro em Fortaleza-CE.

Para o lançamento do Villa do Rio, empreendimento no Rio de Janeiro, aprovado no programa Minha Casa Minha Vida, a Brookfield realizou uma ação no metrô. Um vagão da linha 2 foi todo adesivado simulando a planta baixa de um dos apartamentos, falando diretamente com o público alvo.

Metrô RJ - lateral 4_ em baixa

Metrô RJ - piso 2_ em baixa

Já em Fortaleza, a Brookfield Incorporações adotou outra criativa estratégia. Para destacar o potencial esportivo e aquático do empreendimento Catú Residence – que conta com quadras de esportes, pista de Cooper, clube náutico, lago artificial, entre outros serviços – os promotores da empresa mostraram literalmente como pode ser bom morar em um lugar assim. Nos semáforos, foram armadas redes de vôlei e de tênis em frente aos carros, com promotoras vestidas de ‘marinheiras’ distribuindo folhetos do empreendimento aos motoristas e pedestres.

Ação - Catu Residence - FOR_em baixa

A ação também contemplou veículos off-road com dois equipamentos esportivos em suas caçambas: caiaque e jetsky.

(via MarketingImob)

Seria possível criar um arco-íris ‘artificial’?

A ideia é meio inviável… mas os irlandeses da National Lottery conseguiram!

lotto_rainbow_6

O arco-íris é um fenômeno ótico e meteorológico que separa a luz do sol em seu espectro (aproximadamente) contínuo quando o sol brilha sobre gotas de chuva.

Pensando em tentar trazer a beleza desse fenômeno para os irlandeses, a National Lottery da Irlanda resolveu criar um arco-íris ‘artificial’ (que na verdade foi real) em um rio dentro da cidade de Dublin.

nationallotteryrainbow

Foram necessários dois barcos com água pressurizada para criar o efeito no céu, porém com um resultado surpreendente. Tudo isso para mostrar que ganhar na loteria pode fazer com que coisas mágicas aconteçam em sua vida. Ou algo assim. A assinatura “Making magic happen” fecha esse conceito.

Abaixo, você confere o vídeo da campanha:

Campanha testa smartphone e concorrência em vários focus group

Uma empresa de smartphones criou uma campanha para divulgar um novo modelo de seus aparelhos. Para isso, ela fez um experimento com vários “focus group” (mais conhecidos como grupos de foco).

focus

No começo diz “Dramatization with actors“, o que tira um pouco a graça de tudo.

Mas os textos e as atuações são todas muito boas, principalmente o primeiro com as crianças, que não pode ser encenação…
Confira os vídeos da campanha abaixo:

Pesquisas eleitorais: como elas funcionam

Você provavelmente já deve ter se perguntado qual a importância e como funcionam as pesquisas de intenção de voto.

presidencia

As pesquisas de intenção de voto para a eleição de 2010 começaram a ser feitas já no ano passado. Isso acontece, pois os partidos fazem uso dos resultados para decidirem quem irão apoiar na corrida presidencial. Sendo assim, uma das utilidades da pesquisa é justamente essa: orientar as estratégias partidárias. Além disso, os financiadores também utilizam essas informações para decidir em quem e quanto irá investir.

Mas será que os resultados das pesquisas de intenção de voto também são capazes de influenciar os eleitores? Ainda se debate muito a respeito e acredita-se que há três possibilidades de influência, de acordo com o resultado:

*Se o eleitor achar que seu candidato preferido tem chance de ser eleito, então mantém seu voto;
*Se acreditar que seu candidato preferido não tem chances de vencer, reconsiderará seu voto, escolhendo o candidato que avaliar com chances razoáveis de vencer o candidato que ele prefere menos, como forma de evitar que este venha a ganhar as eleições;
*Se o eleitor for “orientado para o futuro”, manterá seu voto no candidato preferido, mesmo que esse não tenha chances de se eleger, acreditando que com essa escolha, no futuro esse candidato possa ter mais chances, ou mesmo acreditando em uma reviravolta;

600

O eleitor usa o resultado das pesquisas como uma estimativa do que será a eleição. Desse modo, a opção da maioria vira base para sua tomada de decisão. Porém, é claro que a pesquisa de intenção de voto, por si só, não é responsável pela decisão, leva-se em consideração também a propaganda eleitoral, opinião de pessoas próximas e influentes, cobertura jornalística, entre outros fatores.

A pesquisa eleitoral funciona como termômetro da campanha dos candidatos. É por meio dela que os partidos analisam o impacto da campanha no eleitorado, além de auxiliar o que fazer dali em diante.

Pesquisa-eleitoral9_pequeno_grande

Mas por que eu nunca respondi a uma pesquisa de intenção de voto?” A chance de você ser entrevistado, em uma pesquisa de intenção de voto para presidente, é de uma em 66 mil. Isso acontece porque as amostras não são proporcionais ao tamanho do universo pesquisado, ou seja, as pesquisas têm em média amostras de 2.500 entrevistas, enquanto no Brasil há mais de 127 milhões de eleitores, segundo o TSE.

Para esse tipo de pesquisa não há necessidade que sejam proporcionais, pois as pesquisas se valem de critérios estatísticos capazes de garantir que todo o eleitorado brasileiro, com suas diversas formas, esteja representado dentro das amostras. É possível, por exemplo, saber o interesse de grupos distintos, como mulheres, de 20 a 30 anos, da região nordeste ou homens, de 50 a 60 anos, da região sul. Se bem feitas, essas 2.500 entrevistas produzem resultados com margem de erro de, no máximo, dois pontos percentuais (2%), para mais ou para menos.

urna

No entanto, não é possível prever o resultado da eleição. O que se faz é monitorar o pensamento dos vários conjuntos de eleitores e prever qual seria a escolha deles diante da urna eletrônica, se a eleição ocorresse naquele momento.

Brasil é o terceiro no mundo em consumo de artigos de higiene e beleza

Essa notícia é para as mulheres, as maiores consumidoras desses tipos de produto.

O Brasil é o terceiro maior consumidor de produtos de higiene pessoal e beleza do mundo, segundo dados do Instituto Euromonitor, empresa mundial de pesquisa de mercado. O país fica atrás apenas dos Estados Unidos e Japão.

i103597

No ranking mundial, o país ocupa a primeira colocação em consumo de desodorante, a segunda em produtos infantis, masculinos, de higiene oral, de proteção solar, de perfumaria e banho. Em relação a produtos para cabelos, o Brasil é o terceiro maior consumidor.

A indústria de higiene pessoal do Brasil apresentou um crescimento médio de 10,5% nos últimos 14 anos, segundo dados da Abihpec (Associação Brasileira da Industria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos).

2006_banho_bubblebath

De acordo com a associação, fatores como a crescente participação da mulher brasileira no mercado de trabalho, o aumento da produtividade, lançamentos de novos produtos e o aumento da expectativa de vida contribuem para o crescimento do setor.

Em 2009, esse mercado movimentou R$ 619,68 bilhões (US$ 350,3 bilhões) no mundo. Sendo o Brasil responsável por 8,1% dessa fatia, com participação de R$ 49,984 bilhões (US$ 28,4 bilhões).

desenho-jogo-cosmeticos-produtos-~-mbe0034

No Brasil, os produtos para cabelos são os mais consumidos do setor. Eles são responsáveis por 23,8% do faturamento desse mercado. Os perfumes e fragrâncias vêm logo atrás, com 15% e em terceiro lugar aparecem os bronzeadores e protetores solar.

be | sáb. 18 > PUSHPOP EU $Ô RYCAH @Laikaclub | Dom. 19 > YOUDECIDE @Laikaclub diz:
*IAIM bunito!
Lipe diz:
*YAY SUA LINDA
be | sáb. 18 > PUSHPOP EU $Ô RYCAH @Laikaclub | Dom. 19 > YOUDECIDE @Laikaclub diz:
*TA BOWA, LHYNDA E GOXTOSA?
Lipe diz:
*DYMAIX
*Y VC
be | sáb. 18 > PUSHPOP EU $Ô RYCAH @Laikaclub | Dom. 19 > YOUDECIDE @Laikaclub diz:
*TODALHYNDA!

2Day completa um ano de mercado com crescimento expressivo

Nós da 2Day, empresa focada em pesquisas e inteligência de mercado, comemoramos nosso primeiro aniversário em grande estilo. Com 35 clientes na carteira, assopramos velinhas com um aumento de 40% no faturamento e 100% no quadro de colaboradores. Além disto, acabamos de iniciar nova operação em Santa Catarina. Para o segundo ano, pretendemos democratizar ferramentas como o geomarketing e lançar um novo produto para o segmento Imobiliário, um sistema com mapeamento da oferta do setor em forma de assinatura mensal.

EquipeConheça a equipe da 2Day: da esquerda pra direita > Laura (coordenadora de projetos), Bruno (estagiário), Guilherme (sócio-diretor), Patrícia (sócia-diretora), Marcelo (analista de pesquisa de mercado), Stéfani (analista de pesquisa de mercado) e Vinícius (adminstrativo financeiro)

Em apenas um ano, nós realizamos 65 trabalhos entre pesquisas qualitativas, quantitativas, consumidor dublê (o programa de cliente oculto da empresa) e desk research. Neste primeiro ano de trabalho, alguns projetos pesquisados já resultaram em mudanças estratégicas empresariais ou ajudaram nos posicionamentos de mercado, como o estudo de demanda para o primeiro projeto do novo bairro da Rossi, o Rossi Ideal, o estudo de viabilidade para o novo restaurante Tirol na Zona Norte da cidade ou o reposicionamento do Hagah, grupo RBS.

Nosso foco é sempre agregar resultados de pesquisa com estratégia de negócio, seja em um trabalho pequeno e pontual como os diversos projetos de cliente oculto realizados ou um grande estudo de viabilidade de negócio ou produto. A cada projeto entregue, ficamos na torcida para que as decisões embasadas no estudo sejam um sucesso para estratégia do cliente. Em um cenário competitivo onde errar pode ser fatal, a pesquisa bem feita é um dos investimentos mais seguros para as empresas.

Cia Província lança ProntoClube para motivar corretores

Um tema muito em voga no mercado atual, devido ao aumento da procura por imóveis, é o crédito imobiliário. Fator importante para a escolha do imóvel, esse assunto requer o conhecimento de uma empresa que passe a seu cliente segurança e confiança no negócio. E é assim que a Companhia Província trabalha. Com quase 40 anos de experiência, a empresa é capacitada a oferecer soluções em crédito imobiliário, adequadas à satisfação das expectativas dos clientes.

A empresa ainda inovou nesse mercado, criando o ProntoClube. É um clube de vantagens que premia os corretores que trabalham para fechar negócios com a Companhia Provincia. Com o ProntoClube, a cada negócio fechado, o corretor tem uma série de prêmios durante o ano. Os clientes podem ganhar de sacolas esportivas, à TVs LCDs, notebooks e uma viagem para o Nordeste.

prontoclube

Para contar mais um pouco sobre essa trajetória da Cia Província, o blog conversou com Ana Valeria Wilges, Coordenadora de Marketing da empresa. No bate papo, ela fala sobre marketing financeiro e também sobre o projeto Pronto Clube. Confira a entrevista abaixo:

– Conte-nos um pouco da tua trajetória profissional.

Sou formada em Publicidade e Propaganda e especializada em Marketing (MBA).
Acho muito importante a base teórica aprendida nas instituições de ensino, entretanto, a maior e melhor escola da vida certamente é a experiência profissional.
Apesar de não ter tanto e nem tão pouco tempo de estrada ainda (10 anos), aprendi praticamente tudo o que sei colocando a mão na massa mesmo. Nada melhor do que um problema para fazer com que a gente aprenda na prática como administrar.
Comecei trabalhando como redatora em agência (e se continuasse como redatora teria morrido de fome…risos).
Quando comecei a trabalhar como atendimento é que comecei a descobrir a minha verdadeira vocação. Aprendi muito em todas as experiências e sou muito grata às empresas pelas quais passei e aos profissionais que tanto me ensinaram (tanto chefes quanto colegas de profissão).
Tive passagem pela GlobalComm atendendo clientes como Carrefour, Brasil Telecom, Sea Shepherd, Hertz Medicamentos e RGE.
Trabalhei no Marketing do Grupo Avipal/ Elegê e posteriormente iniciei vôo solo em parceria com Eduardo Maidana na Jet Propaganda, durante 04 anos.
Enfim, iniciei a minha trajetória na Companhia Província em março de 2008 e continuo apaixonada pela propaganda, que me permite desafios diários e me motiva mais a cada dia. Não dá para perder o brilho no olho.

– Como é um dia na vida da Ana?

É corrido e gosto muito que seja assim, quando a gente passa por agência e se habitua com o ritmo depois é difícil engrenar em um ritmo diferente.
Além de profissional também tem o lado pessoal: esposa, amiga, dinda, filha, dona de casa… que todas as mulheres sabem muito bem como é administrar: um gostoso desafio diário. E ainda precisamos cuidar da aparência e do lado emocional, espiritual. E não deixar a peteca cair, atualização constante pois sem ela, não temos condições de criar.

Ana Valeria Wilges, Diretora de Marketing da Companhia Província

Ana Valeria Wilges, Coordenadora de Marketing da Companhia Província

– Como é fazer marketing para uma instituição financeira?

Tenho uma equipe ótima que me acompanha no Marketing da Cia Província e certamente isto faz a diferença pois o maior desafio na minha opinião é administrar as pessoas. Cada pessoa tem o seu estilo de trabalho, o seu time, a sua personalidade e juntando tudo isso, precisa dar “samba”. Todos precisam estar comprometidos e seguindo na mesma direção e para isto que existe o trabalho em equipe.  Para isso, precisam ser valorizados como profissionais e como pessoas e estarem motivados. Motivação é tudo!!!
O meu lema é fazer o melhor a cada dia, buscar superação sempre e é isso que passo para a minha equipe, da qual muito me orgulho.

– Vocês acabaram de lançar a Campanha ProntoClube. A partir de quais necessidades vocês elaboraram a ação?

O nosso objetivo é estar cada vez mais próximo do nosso cliente (corretor), valorizar e reconhecer o trabalho realizado pelo mesmo. Além disso, queremos cada vez mais contribuir com a valorização e profissionalização do corretor, que é mais do que um parceiro da Companhia Província.

– Como está sendo a aceitação dos corretores? Tem algum case para contar?

Os corretores gostam muito e por diversas vezes, nos disseram que fomos a única instituição financeira a lembrar deles, como por exemplo, ocorreu no último Dia do Corretor, em que desenvolvemos para toda a Região Sul um chaveiro e disparamos um email mkt parabenizando pela data. Uma ação simples, entretanto, com um toque de carinho e atenção, que mais uma vez mostra que além da parceria, existe carinho na relação e certamente estamos sempre atentos para lembrar do CORRETOR.

– Uma ação como esta motiva o profissional e dá retorno para empresa. Você acha que esta é a fórmula perfeita do marketing?

Com certeza! Como em qualquer relação, todos precisam estar satisfeitos e ganhar com isso. Não apenas retorno financeiro, mas o estabelecimento de uma relação de confiança, parceria, conhecimento, comprometimento e acima de tudo em que buscamos a mútua valorização pois sabemos do atendimento diferenciado que prestamos ao corretor e ele por sua vez entende e retribui à isto diariamente no contato junto à nossa equipe comercial.

– Como a Cia. Província utiliza as ferramentas de pesquisas de marketing? Já mudaram algum posicionamento a partir de algum resultados destas?

Valorizamos muito as pesquisas e temos plena consciência da importância das mesmas em nosso trabalho diário. Cada vez mais buscamos conhecer QUEM É o nosso cliente, como é o dia-a-dia dele (hábitos), gostos pessoais, enfim, novamente, como em qualquer relação, quanto mais conhecemos QUEM está conosco, mais temos condições de renovar, inovar e surpreender o cliente.

– Quais as apostas da Cia. Província para conquistar o cliente que busca um financiamento imobiliário?

Além de conhecimento especializado em financiamento imobiliário, com quase 40 anos de mercado, a credibilidade de nossos serviços, assim como o atendimento exclusivo e total disponibilidade certamente fazem com que a Cia Província conquiste a cada dia mais clientes e o mais importante de tudo, clientes satisfeitos com o nosso trabalho e que nos indicam. A melhor forma de crescer certamente é pela indicação, que é o que reforça a nossa qualidade nos serviços.

Quer saber mais sobre a Companhia Província? Então acesse: www.ciaprovincia.com.br

Nova classe média muda perfil de consumo no Brasil

Uma pesquisa inédita mostra o perfil da nova classe média brasileira, as pessoas com renda familiar entre R$ 1.530 e R$ 5.100. O grupo que representa essa fatia da população mudou muito nos últimos anos e hoje representa 95 milhões de pessoas, metade do Brasil.  Segundo o instituto de pesquisa Data Popular, a entrada de milhões de brasileiros na sociedade do consumo nos últimos anos mudou o perfil dessa classe. E as empresas precisam se adaptar a uma forma de consumo particular.

742010821340407-_classe_media

Muitas vezes sem acesso aos mecanismos tradicionais de crédito, os consumidores da nova classe média improvisam. Para se livrar das altas taxas de juros cobradas em financiamentos no comércio e empréstimos nos bancos, a saída tem sido pegar o cartão de crédito emprestado de amigos ou parentes. Segundo a pesquisa, 22% dos consumidores da nova classe média emprestam o cartão de crédito. E 61% dos consumidores da nova classe C preferem as lojas de varejo para parcelar as compras. É que eles não se sentem à vontade nos bancos.

A criatividade também é uma marca dessa classe, em que 84% das pessoas têm telefone celular. Em inúmeros casos, o usuário tem mais de um aparelho, ou “chips” de diversas operadoras, para poder aproveitar as promoções e vantagens de cada uma.

materia1

Segundo Marcelo Nery, da Fundação Getúlio Vargas, foi o aumento da renda do trabalho que levou a esse aumento da renda da classe C.

O emprego com carteira é o grande símbolo dessa classe média. Não é um sonho de consumo, é um sonho de trabalho, realizado. Ela sabe é senhora da sua vida individual, é, numa democracia, também senhora dos destinos do país. Então ela é muito dona, ela é dona da sua vida.

Abaixo, você confere uma reportagem que saiu no Jornal da Record: